quarta-feira, 27 de outubro de 2010

"It's hard to say it, time to say it Goodbye, goodbye"

A vida é um processo de se desapegar, deixar para trás o que não podemos controlar, abrir mão de pessoas – e observá-las sairem de nossas vidas –, tempos, lugares e vivências. Isso pode nos entristecer, mas também nos dá oportunidades de crescimento inimagináveis. Essas experiências nos impulsionam rumo a uma compreensão mais profunda de nós mesmos e dos outros.
Em geral, as vivências que causam dor e tristeza nos ensinam as melhores lições que a vida pode nos oferecer. Passar por sofrimentos e sobreviver a algo que nos atinge emocionalmente nos leva alcançar patamares cada vez mais elevados. A vida se enriquece com a dor. E, a partir daí, nossas experiências com todas as outras pessoas se tornam mais profundas. Em vez de lastimar que algo acabou ou que uma pessoa amada foi embora, podemos apreciar o que ganhamos e reconhecer que a vida está mais completa por isso.


(A Cada dia um novo começo, Karen Casey)



Eu não gosto de ler livros de auto-ajuda, mas meu irmão trouxe esse (A Cada dia um novo começo) e em alguns momentos de tédio eu acabei pegando ele pra ler e não posso negar que algumas mensagens são bem legais, algumas até copiei pra mim, como essa, foi importante pra mim e sei que se você ainda não passou por algo parecido com certeza passará! ;)

E o título foi da música Photograph de Nickelback!

7 comentários:

  1. poisée! e tbm a Karen Casey ta certa! A Cada dia um novo começo, e isso me cansa sabe....esse nome é super intereçante pra o nome de um livro pq isso acontece mt na vida

    ResponderExcluir
  2. Aloha!

    Concooooooooooooordo!
    Obrigada pelo post, parece que foi pra mim!

    Desapegar é sempre complicado, dá a sensação de que estamos perdendo parte da gente, mas nada mais somos que pedacinhos que se fazem e desfazem...

    Aloha!

    ResponderExcluir
  3. Hey ^^

    Lindo texto o único livro que li de auto-ajuda foi o famoso Você é Insubstituível.
    Aprender o desapego é complicado para cada ser humano, mas quando consegue é uma vitória única.

    Xoxo

    :: Loma

    ResponderExcluir
  4. Adorei esse trecho o que me fez me interessar pelo livro, gosto bastante de livros de Auto Ajuda pelas mensagens que eles nos trazem, como essa que você postou, todo fim tem um recomeço e tudo nas nossas vidas nos ensinam algumas lições que não aprenderíamos nunca se não tivesse passado por aquilo, tudo é um grande aprendizado só temos que saber tirar o melhor proveito disso!!!

    Beijos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. LIVROS DE AUTO-AJUDA.NUNC ALI UM.
    NA VERDADE SIM, UM DE FRASES ESPIRITUAIS, JA QUE SOU ESPIRITA.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Hum, eu li duas vezes pra ver se era meu caso, no momento... E acho que realmente eu só olho o lado ruim da coisa, em vez de ver que uma perda pode me trazer um ganho (: Gostei! HAHA Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu adoroooo um livrinho de auto-ajuda viu! kkk
    A neurotica né? kkkkkkkkk
    A verdade é que as vezes eles trazem outra visão daquilo que nos magoa e faz parecer mais leve. Amo o Augusto Cury, ele tem livros ótimos! esse q vc citou eu não conhecia vou me informar sobre!

    Beijocas!

    ResponderExcluir