sábado, 5 de novembro de 2011

So Stand Up!



Sabe aquela sensação de felicidade? Quando tudo parece estar dando certo e você pensa que finalmente depois de uma tempestade veio o dia lindo de sol? Então.. eu não consigo ficar com essa felicidade plena. Sempre me vem na cabeça que quando tá indo tudo muito bem é porque uma merda bem grande vai vim pra sujar tudo. Eu tento não pensar besteira, tento pensar positivo, mas não adianta, a pulga sempre insiste em ficar atrás da orelha. E sabe o que é o pior de tudo? É que quase sempre uma merda acontece mesmo. E aí só reforça minha ideia de que ninguém pode estar com uma vida perfeita. Se é a Lei de Murphy, a lei da vida, o destino ou seja lá o que for.. eu não sei, mas é assim que parece ser pra mim!
Você pode pensar que é uma coisa boa, assim eu não sou pega desprevinida, mas não é uma coisa da qual eu goste muito. Porque eu acho melhor curtir os momentos bons e só deixar pra sofrer quando os maus vierem. Aliás eu tô com esse lema ultimamente, curtir o hoje, o agora! Aproveitar o momento e tentar fazer dele o melhor possível, porque amanhã já é outro dia, daqui a um ano você pode não estar com as mesmas pessoas que está agora, pode não ter a mesma oportunidade. São coisas que parecem simples e até mesmo clichê, mas é incrível como a gente quase nunca consegue colocá-las em prática. Agora não, estou realmente tentando e acho que até conseguindo na maior parte das vezes. A vida fica tão mais leve e mais simples assim.
Nossa vida é marcada por planos, e nessa fase da vida que estou acho que começa os principais: vestibular, faculdade, emprego, casamento, casa, carro, viagem... e nunca pára! E eu não acho que tenha que parar, porque nós, seres humanos temos a necessidade de ter planos, de sonhar. Se não a vida não fará mais sentido. Mas do que adianta vivermos a base de planos se não curtimos o momento de hoje? Sabe.. eu sempre ouvi uma frase que é a mais pura verdade e que deveríamos sempre tê-la na mente: "O ontem é história, amanhã é mistério e hoje é uma dádiva. Por isso se chama presente!"
Eu sempre passava muito tempo lembrando do tempo bom que foi minha infância, das brincadeiras, das amizades e do início da adolescência, vivia querendo voltar no tempo ou querendo repetir os momentos, tentava voltar a ter contato com amizades antigas.. resumindo: eu estava remoendo muito o passado. Esquecia de dar valor às amizades que eu tenho agora, tentava ser uma pessoa que eu deixei de ser, e julguei pessoas por elas terem mudado. Depois de um tempo fui aprendendo que as coisas mudam, as pessoas mudam e que só nos resta aceitar isso. Num texto de William Shakespeare ele fala: "aprendi que não precisaremos trocar de amigos, se aceitarmos que as pessoas mudam..." e passei a acreditar nela, mas hoje eu acredito em outra coisa: acho que precisamos aprender que as pessoas mudam e os caminhos que tomamos também. Umas pessoas saem da nossa vida, para outras entrarem. Não é por causa disso que os amigos antigos irão se tornar inimigos, mas normalmente ele seguirá outro caminho, terá outros gostos e quando vocês se encontrarem sempre terá aquela sensação de nostalgia e aquelas conversas de lembranças antigas. É melhor deixar tudo assim, do que tentar manter coisas que já não são mais as mesmas, isso só faz com que surjam mágoas, remorsos e ao invés de guardarmos as coisas boas dos relacionamentos, só levaremos conosco as coisas ruins.
Ora! Se eu vivo com saudades daquele tempo, eu não posso fazê-lo voltar, mas posso fazer do momento de agora tão bom quanto os antigos para que no futuro eu também possa me lembrar destes como boas lembranças. Se você ficar tanto tempo com o passado na cabeça esquecerá de dar valor às pessoas ao seu redor, deixará passar oportunidades, enfim..! O mesmo vale para o futuro, não acho que deveríamos deixar a vida rolar e ir seguindo a vida na doida, não. Acho que devemos fazer planos, mas não que façamos deles o único pensamento da nossa vida.

E para terminar esse meu momento filósofo, os deixarei com um trecho da música da Jessie J que me serviu de inspiração para essa mudança:
"Cuz' you're as old as you feel you are (Porque você é tão velho quanto você acha que é)
And if you don't reach for the moon you can't fall on the stars (E se você não chegar à lua, não poderá cair nas estrelas)
So I live my life like every day is the last, last, last (Então, eu vivo minha vida como se todo dia fosse o último, último)
[...]
If you let a frown become your normality (Se você deixar a cara feia se tornar algo normal)
You don't set an example for the youth of our humanity (Você não será um exemplo para a juventude de nossa humanidade)
If you spend everyday wishing for the next to come (Se você passar todo dia desejando ser o próximo)
Aged and lifeless is what (yes!) you'll become. Yeah yeah! (Envelhecido e sem vida, é o que você se tornará, é, é!)
SO STAND UP! (Então levante-se!)"

5 comentários:

  1. Stand up da Jessie J, né gata?

    Gostei muito do seu texto. Às vezes, essas coisas ruins que acontecem na sua vida porque você só sabe pensar que vai acontecer alguma porcaria só porque sua vida está boa, é culpa sua! Está comprovado, pensamentos positivos atraem coisas positivas, e pensamentos negativos, atraem coisas negativas. Lembre-se disso! E continue valorizando as suas amizades e tudo o que você tem hoje, e construa sua vida de uma forma que o amanhã sempre seja bom e surpreendentemente agradável!

    Que bom que você pensa assim quando o assunto é bebida.

    Bjonas (:

    Fique com Deus ♥

    ResponderExcluir
  2. Pois é, a gente sempre tem essa mania de achar que o passado foi sempre melhor, que o pessente é uma droga e o futuro não presta. Mas se pararmos pra pensar só um pouquinho nas pessoas que morreram ontem e não tiveram a oportunidade de viver o dia de hoje perceberemos que o presente é mesmo um presente e que a única coisa que podemos fazer com o passado é guardá-lo com carinho no coração que é o lugar dele. Viver o hoje e não se preocupar é sempre a melhor opção!

    Beijo, beijo :*

    ResponderExcluir
  3. Oii Deby. Adorei o texto e entendo que você sente. As vezes acontece isso comigo e eu sei que não é nada bom 'prever' que algo ruim vai vir :S
    Eu adoro essa música da Jessie, é muito linda.

    Obrigada pelos elogios ao novo blog.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, essa frase de Shakespeare é total verdade. Pena que esquecemos dela de vez em quando.

    ResponderExcluir
  5. Hey ^^

    Antes de tudo obrigado por ajudar essa a AMAR o albúm da Jessie J semana inteira não paro de ouvir seu albúm... como se fosse um livro as letras são lindas (a voz poderosa) - chorei litros com Who You Are <3 amo as dicas de amigas blogueiras...

    Sobre o post concordo contigo, principalmente quando o passado torna-se algo que possa impedir de viver o presente. Por vezes agarro-me ao passado, sei ser errado e tento seguir com o presente e viver um dia de cada vez.

    "Lembro-me do passado, não com melancolia ou saudade, mas com a sabedoria da maturidade que me faz projetar no presente aquilo que, sendo belo, não se perdeu."

    Xxx

    :: Loma

    ResponderExcluir