sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Três Metros Acima do Céu - Federico Moccia

Eu estava há um bom tempo sem nem tocar em um livro que não fosse de Física ou qualquer outra matéria. Para poder me dedicar melhor ao estudo decidir abdicar desse meu vício por enquanto.. mas em um fim de semana um pouco depois do ENEM eu resolvi ler alguma coisa. Daí comecei a pesquisar em estantes do Skoob e em blogs literários, acabei notando que um livro de um cara chamado Federico Moccia aparecia em quase todas as estantes: Desculpa Se Te Chamo de Amor, mas quando li sua sinopse não me interessei muito, indo para a biografia do autor, vi que ele tinha outro livro: Três Metros Acima do Céu que me instigou não só pelo título e pela sinopse, como também pelo autor ser italiano e a história se passar na Itália, acho digno sair dos EUA um pouco! xD

Babi tem 17 anos, estuda numa escola particular e faz parte de uma família de classe média-alta. Organizada e quase sempre metódica, Babi vive sem muita badalação ou sem ser impulsiva. Até que conhece Step, 2 anos mais velho do que Babi, Step não se importa em sair de restaurantes sem pagar a conta, anda sempre acima da velocidade permitida com sua moto e qualquer problema que encontra resolve na porrada. Os dois apesar de todas as contradições e problemas que encontram pelo caminho, vivem um amor inesquecível!
É o típico romance da garota recalcada com o bad-boy da cidade, mas eu vou confessar que adoro essas histórias. Porém esse livro do Federico não é apenas mais um romance água com açucar, e por isso eu gostei tanto, pelo fato de ser "real" sabe? Não no sentido literal da palavra, mas no sentido em que não tem aquela coisa de "e viveram felizes para sempre.." Ele mostra dramas que acontecem na nossa vida mesmo, com uma análise interessante de comportamentos diferentes do considerado normal pela sociedade.
O livro começou um tanto confuso para mim, pois eram vários nomes dos amigos da Babi, dos amigos do Step que eu fiquei meio perdida, mas depois fui memorizando todos. Outra coisa que percebi logo de início foi o uso das marcas das coisas, tipo, não era o celular de fulaninho de tal, era o Nokia A500. Entendem? Era tudo falado com a marca: a moto Honda, a calça Levi's, o óculos Ray Ban, enfim... Eu achei meio estranho no início até porque nem sempre eu podia ir pesquisar no google cada coisa, mas analisando depois entendi que talvez tenha sido um modo do autor nos mostrar o quão ligado à marcas é a juventude que ele retratou. Os personagens secundários também são cativantes como o melhor amigo de Step, Pollo, e a melhor amiga de Babi, Pallina.

Três Metros Acima do Céu foi um livro publicado em 1992, mas que teve uma baixa tiragem e que só foi fazer sucesso em 2004, virou febre na Itália, os livros eram xerocados e virou até filme. Eu adorei esse livro e passei dias só com as cenas dele na cabeça, aqui vão alguns trechos interessantes:

"O que vocês sabem da vida dele? Do que ele sentia naquele momento? Vocês não sabem justificar, não sabem perdoar. A única coisa que sabem fazer é julgar. Decidem a vida dos seus filhos na medida dos seus desejos, conforme as suas próprias ideias. Sem se importar minimamente com aquilo que nós pensamos. Para vocês, a vida é como um jogo, tudo aquilo que não conhecem é apenas uma carta incômoda que gostariam de não ter tirado do baralho. Não sabem o que fazer com ela, queima em suas mãos. Não se importam em saber por que alguém é violento, por que se droga, isso nem é com vocês, afinal não é seu filho, não tem nada a ver com vocês [...]
Não percebe que é ridícula, que é motivo de piada? Quer que eu vá à missa todos os domingos, mas se por acaso eu levo o Evangelho a sério demais, então a coisa já não é bem assim. Se eu amar muito os meus semelhantes, se convidar para ir até a nossa casa alguém que não se levanta quando você chega, que não sabe se comportar direito à mesa, então você torce o nariz. Talvez fosse bom vocês inventarem umas igrejas só para vocês, com um Evangelho próprio no qual nem todos ressuscitam. Só terão direito ao reino dos céus aqueles que jantam de gravata, que não assinam com escrita infantil, aqueles cujos pais vocês conhecem, os de pele bronzeada, dentes bem cuidados, os perfumados que frequentam lugares badalados. Vocês não passam de uns palhaços!"


"- Estou feliz. Nunca me senti tão bem na minha vida. E você?
- Eu? - Step a abraça com força. - Melhor do que nunca.
- A ponto de poder alcançar o céu?
- Não exatamente.
- Como assim?
- Estou a pelo menos três metros acima dele."

Agora estou louca para ver o filme e ler Sou Louco por Você que conta a vida de Step um pouco depois do que aconteceu em Três Metros Acima do Céu.

5 comentários:

  1. Eu to lendo cada vez mais devagar, por causa da falta de tempo. E eu que achava que ia ter mais tempo pra ler agora que não tenho mais que pensar em vestibular! rs
    A coisa que mais me chamou a atenção nesse livro foi o fato dele se passar na Itália! É muito legal mesmo ler uma história num lugar diferente, a gente se acostuma muito a ter sempre o mesmo cenário. E isso dele citar sempre as marcas me lembrou demais Gossip Girl! Acho que é mais um livro entrando pra minha lista.
    Beijo, Deby!

    ResponderExcluir
  2. Hey Deby ^^

    Adorei, confesso que lembrou e muito o livro Química Perfeita de Simone Elkeles ... principalmente por mostrar o drama algo que vemos e convivemos... Italia hummm

    Xxx

    :: Loma

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha ouvido falar bastante desse autor. Eu até queria ler Desculpa Se Te Chamo De Amor, mas achei ele muito extenso pra e-book e a sinopse não me empolgou tanto pra que eu fizesse o sacrifício de ler na telinha do celular, rsrs. Mas acabei vendo o filme e achei legalzinho. Fiquei curiosa pra ler esse livro, pelo seu comentário parece ser mesmo muito bom e adorei os trechos que você postou! Lembrei de livros da Simone Elkeles também, rsrs, mas foi Leaving Paradise e Return to Paradise, que são muito bons! Recomendo!
    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Tbm gostei do título do livro. Nunca tinha ouvido falar dele e só de saber que já tem filme já fico ainda mais curiosa. Ótima pedida.
    beijos!

    ResponderExcluir
  5. Eu jurava que tinha comentado nesse post, mas vamos lá: Pela sinopse e capa não parece ser tão bom. Eu só dou crédito por causa da Editora Rocco :O
    Beeijos <3

    ResponderExcluir