sábado, 28 de janeiro de 2012

SOPA, PIPA, Megaupload, Anonymous...


Diante dos últimos acontecimentos na internet: vários sites saíram do ar por um dia contra o SOPA e o PIPA, fechamento do Megaupload e ataque virtual do Anonymous. Eu demorei, mas não podia deixar de dar minha opinião.

Quando eu era pequena, tipo uns 5 ou 6 anos, eu lembro como era bem diferente as coisas. Cds só originais comprados nas lojas, filmes eram locados ou vistos apenas no cinema. E antes disso eu sei que ainda teve a época das fitas, que quando tocava a música que a pessoa gostava na rádio tinha que correr pra gravar.
De lá pra cá muita coisa mudou, Cds piratas foram sendo vendidos a preço de banana em qualquer esquina do meio da rua, eu deixei de frequentar a locadora, músicas, filmes, seriados.. começaram a ser baixados pela internet. Isso resultou numa grande perda para as produtoras, artistas, enfim.. todo mundo que lida com esse meio. E por um outro lado, fez crescer sites como o Megaupload, Youtube, 4shared, etc. E é justamente esse o ponto dos que são a favor de leis severas como o SOPA e o PIPA, já que mesmo sendo os usuários dos sites que compartilham músicas, filmes, etc. quem acaba faturando com isso são os donos dos sites de compartilhamento, daí a ideia de que eles são os verdadeiros piratas.

Bom, se por um lado os artistas perdem em direitos autorais, ganham em relação à facilidade de propagação das suas músicas, vídeos, etc.. Ou vocês acham que o Michel Teló estaria fazendo tanto sucesso quanto está agora se não fosse por esses sites?! Atualmente os artistas estão faturando mais com shows mesmo e muitos divulgam suas músicas em seus sites, de graça. 
Eu sei que não é certo baixar músicas e filmes online sem pagar um tostão por ele, mas também não é certo cobrarem 50 reais por um cd. Uma das principais funcionalidades da internet é difundir as coisas pra uma maior quantidade de pessoas. E agora depois desse tempo todo, os EUA resolvem acabar com tudo isso? Eu acho que não é bem assim.. Pra mim, as produtoras ainda não souberam se adequar a esse novo mundo com a internet e com os sites de compartilhamento, porque é como eu falei, existe o lado ruim da internet, mas eles poderiam tentar extrair o máximo do lado bom. Tentar acabar com esses sites é como regredir, o interessante é aprender a lidar com eles. Além de ter como explorar a qualidade do conteúdo original, já que filme pirata ou baixado da internet normalmente tem uma péssima imagem e/ou áudio, se facilitassem a compra das músicas e filmes, com um preço razóavel, puts.. eu nem pensava duas vezes! Desde que compramos Blu-ray aqui em casa a gente voltou a frequentar a locadora, justamente por causa disso, porque o que adianta ter um Blu-ray se a qualidade do filme é uma droga?

Além do mais, se já conseguiram prender o dono e alguns funcionários do Megaupload sem o SOPA e o PIPA, porque a aparição delas então? Tudo nos EUA tem que ser ao extremo, eu não concordo com isso.  Até porque, para mim, existe alguma outra intenção americana por debaixo dessa luta "contra a pirataria". Como eles sempre têm... Não me sai da cabeça o fato de que eles querem ter um maior controle da internet, para não deixarem surgir sites como o Wikileaks, por exemplo, ou até mesmo controlar manifestações como o da Primavera Árabe. Se é verdade ou não, só o tempo irá dizer. Mas o fato é que já apareceu o ACTA pra confirmar um pouco disso.

Pra quem ainda não está por dentro do assunto, além dos dois links que eu coloquei no início dos posts, aqui vão mais informações:
http://www.telemoveis.com/analises/sopa-pipa-acta-quais-diferencas-24163.html
http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2012/01/entenda-o-projeto-de-lei-dos-eua-que-motiva-protestos-de-sites.html

sábado, 21 de janeiro de 2012

Paint Ball

Eu sempre tinha vontade de ir nesse negócio que eu via muita gente comentando e às vezes algumas foto no orkut ou facebook, até que no ano passado surgiu a oportunidade. E eu fui 3 vezes, quase que fins de semanas seguidos, então acho que nem preciso dizer se gostei ou não né?! kkkkkk


Paint Ball funciona assim, dividi-se dois times e é um time contra o outro (duuh!). Mas o que a gente faz exatamente? Atira um no outro, não com bala de verdade, com bolinhas de tinta que quando batem no oponente estoura e mancha a roupa. Assim, quando se é acertado a pessoa levanta a mão e sai da área de combate. As regras variam de lugares ou até mesmo é combinado entre as pessoas que estão jogando. Em um lugar que eu fui tinha uma bandeira no centro e o time que matasse todos os oponentes ou que trouxesse a bandeira para o seu lado ganhava. Outro já tinha um sino em cada lado quem tocasse primeiro o sino do time oposto ganhava e assim por diante.. mas a base é sempre a mesma: acertar o adversário. 

O mais interessante do Paint Ball é que você se sente num jogo de videogame ou até num filme policial, e o melhor, não corre risco de morrer kkkkkk  É um pouco complicado pegar o jeito, porque eu mesma não tenho uma mira tão boa, vou nas tentativas mesmo, se eu atirei e a bola foi muito alta, eu abaixo um pouco a arma, ou se foi muito baixa eu levanto.. eu achava que era só eu quem fazia isso, mas dando uma conversada com os amigos do meu irmão eu vi que todo mundo fazia isso, então ninguém tem a mira perfeita também! Na última vez que fui, já estava melhor, a gente vai melhorando é com a prática, o negócio é não desanimar. 

É muito engraçado ver o povo entrando na onda, é gente se arrastando pelo chão, dando uns pulos a lá Matrix, a gente volta a ser criança. Da primeira vez que fomos meu irmão rasgou a calça, da segunda quem rasgou fui eu, então uma dica é pegar roupas antigas, aquela calça jeans já surrada que você não usa tanto com uma blusa que você usa em casa, ah e pra quem quer se proteger é bom ir com um casaco que cubra todo o braço. A bolinha quando atirada de muito perto, dói mesmo, então quanto mais proteção de roupa, melhor.

Os equipamentos obrigatórios e que todo lugar que tem Paint Ball disponibiliza é um colete, uma máscara e o marcador, que é a arma. Normalmente isso já é incluso no pacote, o que você tem de pagar por fora são as balas de tinta, normalmente vem em pacotes de 50 ou 100. Alguns lugares ainda dão luvas e uma proteção para o pescoço, mas não são todos assim, e sempre tem umas roupas camufladas que eles alugam em torno de 15 a 20 reais, pra quem quer se proteger melhor.

Sempre quando eu vou tem poucas mulheres, teve uma vez que só tinha eu mesma, mas nem por isso eu deixo de ir, o Paint Ball não tem muito contato, é só tiro mesmo e como eu disse, ninguém é perfeito na mira, se você for com iniciantes o nível será igual. O negócio não é deixar de fazer só porque só tem homem, normalmente são eles que predominam porque acredito que lembram da infância, kkkk!

Pra mostrar um pouco melhor pra vocês olha só o vídeo que meu irmão fez de lá: (e não notem a minha participação especial no final, meu irmão adoora me fazer pagar um mico!) E quem quiser só é dar uma pesquisada no youtube, que tem vários vídeos que dá pra ter uma ideia de como funciona.
Ah, e dá pra ver no vídeo o desespero que é pra ninguém tirar a máscara, é perigoso mesmo gente, se pegar no olho pode cegar, então já sabem né?! Dentro do campo, não tire a máscara!

E aí, se animaram? Espero que sim, amanhã eu irei de novo e domingo passado tive minha primeira experiência com kart depois faço um post contando o que achei pra vocês! ;)

Até mais :*

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

The Vampire Diaries - 1ª temporada


Eu não tinha vontade de assistir essa série porque 1º) Eu já estava cansada de coisas de vampiro depois de Crepúsculo (confesso que depois dessa febre até de Crepúsculo eu cansei). 2º) Uma amiga já tinha me falado mais ou menos a história e mesmo vendo que era bem diferente de Crepúsculo eu não me interessei! 3º) Triângulo amoroso?! boring!

E aí você me pergunta: "Mas Déborah mesmo com esses dois gatos não dava nem pra fazer um esforcinho e vê se gostava?" E eu te respondo: "Pra você ver o nível de esgotamento que eu estava de vampiros". Mas eis que semana passada minhas primas vieram aqui passar o fim de semana e me encheram de tanto falar de "Diários de Vampiros" (elas começaram a ver pela SBT), daí quando a gente foi na locadora locar filme,  elas viram a 1ª temporada completa lá e não resistiram, resultado: acabei assistindo tudo e num é que viciei também? Assim.. não foi a melhor série que eu já vi na vida, mas depois de alguns episódios eu realmente me prendi e fiquei curiosa pra saber o final.

The Vampire Diaries se passa na cidade fictícia de Mystic Falls, quatro meses após o trágico acidente de carro que matou os pais de Elena Gilbert, que tem 17 anos, e de seu irmão, Jeremy, que tem 15 anos. Eles ainda estão aprendendo a lidar com o luto e continuar suas vidas. Elena sempre foi popular, bonita, e bem relacionada, possuindo muitos amigos. Ela agora tenta esconder sua tristeza do mundo. Quando o novo ano escolar começa, Elena e suas colegas ficam fascinadas por um misterioso e charmoso novo colega, Stefan Salvatore.

Stefan e Elena imediatamente se aproximam, sem que a garota saiba que Stefan é um vampiro com cento e cinquenta anos de idade, lutando por uma vida pacífica entre os humanos, enquanto seu irmão, Damon Salvatore, é a personificação da violência e brutalidade dos vampiros. Com o passar da série Elena descobre que Stefan é um vampiro, várias histórias sobrenaturais que aconteceram na cidade vem à tona e o irmão mais velho, Damon, mostra-se mais sensivel e menos predador, respeitando um pouco mais a vida humana e se juntando aos poucos à seu irmão.
(Fonte: Filmow, com algumas modificações)

A série começa bem chatinha, no estilo Crepúsculo mesmo, mostrando o ambiente que é aquela coisa de cidade pequena que todo mundo se conhece e faz a gente ter pena da Elena. Com o desenrolar da série é 
que vão acontecendo coisas que fica mais emocionante. O Stefan é um chato, não gosto dessa coisa de "ah, eu sou vampiro mas sou um monstro!" ¬¬' Sério, prefiro a atitude do Damon e é dele que eu gosto mais, não só por achá-lo mais bonito, mas porque eu divido das mesmas opiniões dele em relação a ser vampiro e continuar bebendo sangue humano. Só não sei pq raios ele vai gostar da Elena, ela é legal e tudo o mais, mas pra mim não combina com ele.

Um das melhores partes é justamente quando o Stefan volta a beber sangue humano e fica meio "bad", foi aí que eu comecei a gostar dele. Mas se fosse pra eu escolher ficar com algum seria com o Jeremy, ô coisinha fofa *-* kkkkk Quando ele fica triste dá vontade de botar ele no colo! kkkkkk Eu sempre acabo fugindo dos vampiros, pra mim não tem futuro com eles porque apesar de eu adorar essa história toda sobre vampiros eu não desejaria ser uma, eu quero morrer algum dia. Mas se eu fosse pode crê que eu tomaria sangue humano, não iria matar ninguém, mas pô sangue de bicho é foda né?!

Apesar de não ter ficado tão fascinada pelo seriado eu estou curiosa pra próxima temporada. Fiquem à vontade para comentar sobre a série e o restante das temporadas e se tiverem algum dica de seriado podem me contar! ;)

Até a próxima!

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

UFPE 2012!!

PASSEIII GENTE!!! ENGENHARIA NA UFPE!

O resultado saiu ontem, mas eu ainda estou transbordando de alegria. É ótimo ver que todo seu esforço valeu a pena, a espera, o nervosismo.. enfim! E ainda dá esse presente pros meus pais né? que sempre acreditaram em mim! Tô muito feliz mesmo. Foi uma festa ontem aqui em casa, quase a família inteira veio me parabenizar kkkkkk, estourei as champanhes que eu tinha guardado do ano novo e coloquei o band-aid na sombrancelha! Aliás eu não sei se em outros lugares do Brasil esse costume está presente, mas aqui no Recife homem que passa no vestibular raspa a cabeça e mulher a sombrancelha! Eu não cheguei a raspar, pq né?! Se eu colocar o band-aid ngm vai ver mesmo, e pra ninguém me pegar e raspar a força eu fui correndo na farmácia comprar o band-aid logo!! Daí enrolei todo mundo, kkkkkk! Olha a foto:


Ta meio feiosa pq eu tirei da webcam, mas ta valendo.. e sim, eu tô de aparelho de novo porque o dente estava voltando pro lugar e eu vou ter que passar uns dois meses com aparelho! :/

Eu quero aproveitar e agradecer a Deus porque além do meu esforço eu sei que Ele me ajudou muito, também quero agradecer a todo mundo que sempre acreditou em mim, meus familiares e amigos que torceram por mim e a vocês amigos blogueiros por terem me aguentado falar tantas vezes de vestibular e eu sei que alguns torceram de verdade por mim, obrigada! E 2012 começou pra mim agora, uuhuuul!! Agora sou universitária! :DD

Beeijo :*

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

São crianças como você, o que você vai ser quando você crescer..

Eu nem sei como começar a falar sobre isso porque é uma coisa que me deixa bem dividida. É em relação aos pais que criam seus filhos lhes dando tudo do bom e do melhor, mas não apenas isso, dando-lhes tudo o que eles querem. Eu, particularmente, não fui mimada, nunca fui de ganhar tudo o que eu desejava e nem fazia tudo o que eu queria. Acredito que meus pais deram a mim e à meus irmãos um boa educação e mesmo passando por algumas dificuldades financeiras nunca passamos fome e sempre estudamos em escolas particulares. E em relação a presentes eu sempre ganhei presentes do papai noel, ovo do coelhinho da páscoa, mas confesso que nunca era aqueles grandiosos, mas eu gostava mesmo assim.
Hoje em dia eu convivo com alguns pais que não fazem o mesmo com os filhos, uma mãe faz o que pode e o que não pode pra dar tudo a filha, tudo que ela pede, desde o biscoito X até a bolsa Y. É uma coisa boa de se ver em relação à mãe que se esforça tanto pra criar a filha sozinha e mesmo sem muito dinheiro sempre realiza os desejos da filha. Outro caso, já não tão parecido pois os pais estão juntos e tem uma boa condição financeira, mas dão tudo que o filho pede da mesma forma. Eu nunca fui a favor disso, pois pra mim essas crianças irão se tornar mimadas, egoístas e não irão dar valor às coisas. Mas há um tempo atrás eu só fazia julgar os pais, lhes chamando de irresponsáveis, que não sabem educar direito e todo esse blábláblá que sempre ouvimos em relação a pais e filhos. Mas aí eu me peguei pensando um tempo atrás nisso, e eu vi que o buraco era mais embaixo.
Não se trata apenas de dar tudo o que a filha quer, mas como a menina não tem o pai tão presente e andou passando por alguns problemas emocionais a mãe tenta suprir isso dando tudo que pode à filha, é um jeito certo de suprir isso? talvez não, mas é o modo que ela encontrou pra isso. E quem sou eu para julgar? Eu não passei pelo mesmo problema e queira Deus que eu não passe, porque o que essa mãe já passou não é brincadeira, então quem sou eu para julgá-la? Eu fico com peso na consciência por já ter dito poucas e boas em relação a ela à minha mãe, mas eu também fico pensando na criança, porque os problemas que eu citei acima já estão acontecendo. Ela é uma menina adorável, muito fofa, mas que realmente faz o que quer, desobedece, não dá valor às coisas que tem e às vezes é um pouquinho egoísta, a mãe tenta falar grosso, mas moral mesmo eu acho que ela não tem.
Já em relação aos outros pais eu não sei bem, não convivo tanto, mas deve ter algum motivo além do que eu consigo ver também, eu só fico meio triste por saber disso e não poder ajudar de alguma forma.

Como eu disse lá em cima, meus pais nunca me deram tudo o que eu sempre quis e hoje eu agradeço a eles por isso. Eu nunca ganhei todos os presentes que pedia, eu não levava lanches tão gostosos quanto os meus colegas e nunca tinha aquela bolsa da Barbie, mas eu nunca deixei de amar meus pais, nunca deixei de respeitá-los e acredito que não sou egoísta e pode crer eu dou MUITO valor às minhas coisas, é aquela coisa né.. o que a gente consegue facilmente, nem damos valor, mas o que a gente consegue na dificuldade, aah vale ouro pra gente! E eu sei que esse é o melhor jeito de criar um filho, mas o que posso fazer pra colocar isso na cabeça de todos os pais do mundo?

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Primeiro post de 2012, Reveillon, Férias e Nárnia

Primeiro post de 2012! E eu gostaria de fazer um post diferente, com algum conteúdo legal, mas estou desde o  início da semana tentando pensar em alguma coisa interessante e nada me surge à cabeça. Então não dá pra eu ficar enrolando né?! Resolvi vim fazer e ver o que aparece!

Minha virada de ano foi ótima, mesmo não indo pra show nenhum eu já tinha ido ver o show do Jota Quest na semana pré-Reveillon e isso já me satisfez! Pulei as 7 ondinhas, aliás pulei duas vezes porque da primeira eu voltei de frente e minha tia disse que tinha que voltar de costas então.. por via das dúvidas, pulei denovo. E só fiz um pedido! 7 em 1 vamos ver se funciona (yn)

Esses primeiros dias de 2012 não foram muito empolgantes, é aquela coisa de férias, acaba caindo na rotina e a gente vai fazendo as mesmas coisas todos os dias e vai parecendo que são dias iguais :/ 
Todas minhas amigas viajaram, quer dizer, menos uma, que era quem inicialmente iria me fazer companhia mas eu acho que ela foi dia 1º pra Porto de Galinhas e acabou resolvendo ficar por lá, pq não consigo falar com ela.. Então estou me sentindo forever alone, somente lendo, vendo filmes e seriados, comendo, dormindo, ficando no meu notebook novo que eu ganhei de natal \o/ e vendo tv, dormindo mais um pouquinho, ouvindo música... tedioso não?! Mas eu acho que só vou melhorar quando sair a droga do listão da UFPE. Por que o que mais importa sai por último? isso é injusto!! u.u



Estou lendo As Crônicas de Nárnia, meu irmão me deu o livro de presente *-* E foi incrível ler a criação de Nárnia! Já terminei a primeira crônica e fiquei me perguntando pq não fizeram filme baseado nela, eu conseguiria ter feito um bem digno de recorde de bilheteria bjosmeliga ;* Já comecei O leão, a feiticeira e o guarda-roupa e é impressionante como tá igual ao filme, tô morrendo de vontade de assistir tudo de novo, mas só vou fazer isso depois que acabar todo o livro.

Isso é o que tem pra hoje, sei que não foi lá essas coisas, mas prometo vim mais inspirada da próxima vez! Beijos :*