domingo, 15 de julho de 2012

Cheia de tudo!


Algumas pessoas dizem que escrever é colocar o que está dentro de você, eu nem sei o que está dentro de mim, só sei que eu me sinto cheia de tudo, sem vontade de fazer nada e ao mesmo tempo louca para fazer alguma coisa, vocês entendem? Acho que sim né? Acho que todo mundo já deve ter passado por isso. E às vezes eu acho que é um mal dessa geração, sei lá, com computador, celular, televisão e uma infinidade de coisas que temos disponíveis acabamos ficando sempre acostumados a estar ligados no 220V, e quando não temos o que fazer e podemos ficar assim, só vegetando, acabamos não suportando. Ou talvez isso seja um mal só meu.
Acontece que nesse momento eu estou cheia de assistir filmes e só poder ver aquilo que eu queria viver, estou cheia de ouvir música pra superar isso, estou cheia de ficar no facebook vendo fotos de uma amiga em Gramado curtindo o frio de lá, vendo que outra amiga esteve em Nova York, vendo que outras pessoas foram pra uma balada super animada, estou cheia de ver tudo isso e mais ainda de não poder fazer tudo isso, e não adianta dizerem que eu posso, porque isso é muito relativo, eu poderia até ir pra alguma balada, mas me digam com quem? As pessoas com quem eu gosto de sair ou estão namorando ou nunca vão a esse tipo de festa e sair com algum "conhecido" acaba sendo a maior chatice para mim. E ir dá um pulinho em Gramado ou em Nova York? eu ainda não tenho money pra isso!

Eu estou cheia de as pessoas olharem pra mim e acharem que eu só faço estudar ou que eu não curto a vida, estou cheia de acharem que eu sou uma coitada só porque não sei andar direito de salto alto ou porque não tenho meu próprio dinheiro e ainda dependo do meu pai. Estou cheia de não ter o cabelo do jeito que eu quero, de não saber cantar, de não conseguir tirar uma foto decente, de relacionamentos de outras pessoas, do modo como algumas pessoas agem, e o que me enche ainda mais o saco é de eu me importar tanto com isso. Eu também estou cheia de dormir, já que dormi a tarde toda.

Talvez quem disse aquilo esteja certa, eu me sinto melhor agora, mas eu tinha prometido no último post que quando voltasse seria com um post melhor e acho que não consegui cumprir com a promessa, pelo menos não foi algo relacionado com a faculdade o que já é um grande avanço. Já que eu estou cheia de tudo acho que vou acabar recorrendo ao meu querido livro mesmo, normalmente ele melhora meu estado de espírito.. 

6 comentários:

  1. Acho que eu ti entendo.
    É um momento muuito chato, nada nos satisfaz, tudo nos torna enfadado.

    Logo passa.

    ResponderExcluir
  2. Como você mesma disse no começo do post, todo mundo já passou por isso. Se não, ainda vai passar. Até mesmo suas amigas que estão viajando ou o pessoal "baladeiro" do Facebook. Ninguém está bem, feliz e satisfeito todo o tempo. Logo passa. Enquanto isso, você tem a sorte de ter um blog onde desabafar. E nós estamos aqui pra dar o maior apoio. (:

    ResponderExcluir
  3. Wow! Estou passando exatamente pela mesma coisa! Juro
    É muito chato isso. Eu tenho vontade de fazer tanta coisa, tenho tempo e energia de sobra, mas não tenho dinheiro pra nada.
    É complicado!
    Espero que logo menos possamos dar um pulo em New York! hahaha
    Bj

    ResponderExcluir
  4. oi querida,
    as vezes precisamos desabafar mesmo. Mas acho que o que está acontecendo é uma fase, e logo você nao vai mais se importar com o que dizem :S
    boa sorte ^^
    ;**

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Adoramos o seu blog,é maravilhoso e sempre estamos por aqui conferindo todas as novidades.
    Desejamos a vc uma ótima semana.
    Super beijos da Glorinha.
    Estamos com a campanha Google+1 e contamos com a sua participação.
    http://sbrincos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Comentei algo a respeito num blog que passei por esse dias, a menina dizia que não há como ficar entediado com tanta tecnologia, e eu acho que o que anda entediando as pessoas é justamente essa tecnologia toda, a gente tem vontade de sair, fazer as coisas mas ao mesmo tempo preguiça e com a facilidade de falar com as pessoas a um clique fica dificil cria coragem para sair e encontra-las na vida real, a tecnologia facilita muito as coisa mas nos torna escravos dela...é complicado!Beijocas!

    ResponderExcluir