segunda-feira, 13 de maio de 2013

O Enigma do Oito


Eu comprei esse livro por um acaso quando ele estava em promoção no submarino e uma amiga minha que me disse que estava com vontade de lê-lo.
Esse foi o primeiro livro que eu resolvi ler em 2013 e só vim terminar agora, em maio! No início eu pensava que havia demorado tanto pelo livro ser grosso e eu estar em aula, mas hoje, depois de terminado, fico pensando se não foi porque o livro não tinha me agradado mesmo.
O livro começa com um ritmo bom, alternando entre duas épocas distintas, 1790 em plena Revolução Francesa e 1970 na época da Guerra Fria. A parte que eu mais gostava era a de 1790, porque era muito legal está lendo e de repente o cara que a personagem estava falando ser Napoleão Bonaparte. Fora os outros grandes nomes da história que fazem parte do livro. Isso foi uma coisa positiva. Mas apesar disso e do mistério que era até instigante para mim, a autora se perdeu no desenrolar da história.
Algumas partes eram extremamente chatas ou cansativas, talvez se a autora não fizesse tantos rodeios sem necessidade o livro não fosse tão grosso.
Isso aliado ao fato de alguns personagens serem deixados de lado durante a maior parte do livro e também o fato de que as pessoas simplesmente iam atrás do mistério, corriam risco de vida, sem nem saber pelo quê lutavam, sem muitas explicações sobre o que estavam em  busca fez com que eu não gostasse do livro.
E pra completar o final não foi lá essas coisas.

Resumindo, O Enigma do Oito tinha tudo para dar um bom livro, mas se perdeu no seu desenvolvimento. A parte boa foi que finalmente terminei de ler ele e agora já tô no meu 4º livro \o/ Essas férias foram boas para dar uma adiantada, mas foram curtas, segunda-feira começa tuudo de novo :/

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Primeiro passo!

Meu segundo período da faculdade finalmente acabou, estamos em maio de 2013, mas ainda estava cursando 2012.2 por causa da greve que teve no ano passado nas universidades federais. Mais uma vez consegui passar em tudo, não por média, mas consegui passar \o/ Apesar disso, eu queria mudar muitas coisas para o próximo período, a primeira coisa delas seria a minha organização. Eu sempre vi organização como uma coisa que me prendesse a horários, a metas, como se eu não tivesse liberdade para fazer o que eu quisesse, como se tudo que eu fosse fazer girasse ao redor de um horário pré-determinado por mim. Não liguei pra isso quando fui estudar para o vestibular, confesso até que achei ridículo quando vi algumas amigas fazendo tabela de horário e sempre zombei de uma amiga por fazer listas de tudo, desde os livros que quer ler até as coisas que têm para fazer. No entanto, agora percebo que listas são importantes quando a mente não aguenta tanta informação, quando se está estressado, cansado, não dá para confiar totalmente em si própria para lembrar das coisas. Notei, principalmente, que organização é extremamente necessário para se cumprir com todos os objetivos, mas, ao mesmo tempo, não deixar de fazer coisas essenciais para si própria, como pintar a unha ou ler um livro. E eu precisei sentir na pele para poder cair a ficha que organização é sim uma coisa boa e que eu é que era idiota por pensar que não teria liberdade por ser organizada, pelo contrário, liberdade eu não tenho agora, que não sou organizada.
Como eu cheguei a essa conclusão? Bom, eu simplesmente estou lendo o mesmo livro desde o início do ano e vejo colegas da faculdade que leem um livro atrás do outro e mesmo assim continuam a tirar notas boas. Também é horrível quando chega as semanas de provas e eu fico sem vida, só estudando, com muita coisa acumulada e acabo não fazendo nada pra mim, sabe? Cuidar de mim, ter meu quarto pelo menos habitável, essas coisas bestas mas que somadas acabam deixando a gente mais estressadas. Também fui pra final na maioria das disciplinas enquanto amigos meus foram em 1 ou 2, alguns em nenhuma.. ou seja, cheguei a conclusão de que eu preciso sim me organizar, tanto nos estudos quanto na minha vida.
Decidi começar isso organizando meu quarto, ainda não comecei a organização mesmo, comecei dando uma geral básica, arrumando.. agora falta jogar as tralhas fora e montar meu canto de estudo do melhor jeito pra mim. Preciso pensar em como estudar, quais são os métodos que melhor funcionam para mim, preciso pensar em tudo isso logo agora que estou de férias, porque próximo período já começa dia 20 de maio e com esse atraso, o período agora está mais curto, ou seja, mais disciplinas em menos tempo.
Mas acredito que o primeiro passo já foi dado por mim, reconheci que eu sou desorganizada. Agora que já reconheci isso posso começar a pensar em como não ser e principalmente a colocar em prática. É o que eu pretendo e sei que vou conseguir fazer. Não prometo vim sempre aqui contando os meus avanços, mas vou tentar.

Até mais! ;*