quarta-feira, 6 de agosto de 2014

A arte de ler as coisas alheias #2

Adorei esse post onde eu juntei várias coisas que eu vi escritas na biblioteca da minha faculdade e resolvi repetir a dose, estou até pensando em criar uma tag fixa aqui no blog com isso, vou tentar pensar num nome legal.

As bibliotecas da UFPE passaram por um período de greve, com isso, eu e meus amigos começamos a frequentar o prédio do CAC (Centro de Artes e Comunicação) que fica perto de eu onde eu estudo que é o CTG (Centro de Tecnologia e Geociências) e lá no CAC tinham mais lugares onde a gente podia ficar para estudar. A greve acabou mas a biblioteca do CTG não reabriu, motivo: reforma :/ Mas mesmo que tivesse reaberto acho que a gente não deixaria de frequentar o CAC, eu pelo menos não. O clima de lá é bem mais leve que o do CTG e vez ou outra a gente se surpreende com coisas tipo: banda cover do Arctic Monkeys, apresentação de capoeira, teve um dia que alunos de música fizeram um pequeno arraiá por lá.. enfim! Dia desses eu estava de bobeira e percebi que as mesas tinham várias coisas riscadas e desenhadas. Daí não pude perder a oportunidade..

Olha só que talento!
E ainda teve protesto: #nãomereçoserestuprada.

Esqueletinho estiloso
E ainda ta de cabeça pra baixo que é pra inovar (mentira, a jeg aqui tirou assim e esqueceu de ajeitar antes de botar aqui :P).

Fofo!

Música, música e mais música

E aqui uma compilação de várias letras de músicas, tive até vergonha de ficar tirando várias fotos e tirei uma só reunindo tudo.
  1. Bem grande dá pra ver "BACK TO 505" do Arctic Monkeys;
  2. "Take me to the place where the white boys dance. Take me to the place where they run and play." Que é Where the White Boys Dance do The Killers e eu fiquei tão orgulhosa de conhecer essa, a minha amiga que é fã da banda nem reconheceu (rá!);
  3. "This life is lived in perfect symmetry" Não conhecia essa também, é Perfect Symmetry do Keane (música legal);
  4. Essas eu tive que pesquisar no google: "You blocked me on Facebook and now you're going to die!" Internet Friends da Knife Party (tem um clipe muito louco);
  5. "Run, neon tiger. There's a lot on your mind" Que é Neon Tiger também do The Killers mas a gente não reconheceu;
  6. "I wanna be where the boys are!" que é da The Runaways (Também tive que botar no Google);
  7. E ali do lado ainda tem uma listinha que eu adoro, menos esse Keane que eu não conhecia: "The Killers, Keane, Marina and the Diamonds, Arctic Monkeys, Demi Lovato".
Como eu já tinha dito no post anterior adoro conhecer músicas novas, e to adorando conhecê-las dessa forma. Mas para quem sentiu falta de uma frase tocante, aqui vai uma de uma banca em uma das minhas salas de aula:

"Quando fica a cicatriz, fica difícil esquecer"
 Menos se for nas costas, porque né? A gente não vai ver nunca mesmo.. :P

Ah, e eu tinha colocado essa no post passado:

"O que é pior, o medo ou a incerteza?"

E algumas dias depois eu acabei pegando a mesma cabine da biblioteca e eu reparei que colocaram uma resposta assim: "O medo, a incerteza a gente pelo menos pode calcular" HAHAHAHAHAHAH achei genial xD

#éissogente #fimdeperíodo #tolascada #flws #bjos

7 comentários:

  1. lembrei da minha graduação. na faculdade tem dessas. bem, os rabiscos em si ficavam concentrados na área das salas de Artes. eu ficava lá porque era quieto e tal. parava e achava tudo tão.....diferente! nunca tinha parado pra tirar fotos. se tivesse feito, teria conseguido umas pérolas nas áreas de leitura da universidade. ▷▶emilie escreve

    ResponderExcluir
  2. adorei esse post,nunca encontrei essas coisas sabe sempre frase dita ou uma pessoa falando mal de outra.
    http://blogradioactive.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que legal! Na minha faculdade não tinha coisas assim, gostei! ^^
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Que divertido! Lembro de ver essas coisas quando estava no ensino médio e ia para a biblioteca pública. Na faculdade vi pouco, acho que por ser um curso mais feminino, talvez. Encontrava mais em cadeiras, algumas músicas e corações! haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Adorei a tag. Pensei em roubar a ideia (dando os créditos, lógicamente), mas aí lembrei que na minha faculdade é tudo muito novo e limpo. Nunca vou encontrar coisas assim... Triste.

    ResponderExcluir
  6. Acho demais esses posts. Acho que daria até um blog específico pra isso! :D
    Adorei as fotos e os textos, e as músicas :D

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Incrível como estudei tantos anos no CAC e nunca prestei atenção nos desenhos nas mesas kkkk!

    Mas com certeza, ter saraus e exposições no hall tornam aquele centro sui generis! #Amo

    beijinhos e até

    ResponderExcluir