segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Quando alguém do outro lado do mundo diz muito sobre você...


"Eu tenho medo de tudo. Estive lendo livros de psicologia para tentar descobrir o porquê. Logicamente, eu sei que está tudo bem. Eu sei que tenho apenas vinte anos, e eu tenho tantas bênçãos e vantagens. Mas eu estou com medo de não ter feito o suficiente ainda. Tenho medo do futuro. Medo de envelhecer. Medo de ficar sozinha. Medo de ter um filho. E medo do escuro. Eu tenho muito, muito medo do escuro. "

(Kiev, Ucrânia)

Para quem ainda não curte essa página, eu recomendo: Humans of New York.

6 comentários:

  1. Este texto transmite o que muitas pessoas sentem neste mundo doido que vivemos ! Mas eu acredito que o medo ajuda sim e muito em nossa evolução, mas não podemos deixar que ele domine, porque senão perdemos muito da vida por medo de não ter.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Quando li esse texto no facebook senti que eu mesma poderia ter escrito. Está tudo muito complicado nesse mundo que vivemos :/
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Medo de nao ter feito mais... é comum e com a maturidade vc passa a se contetar ao que você fez.

    ResponderExcluir
  4. Acho incrível achar algo escrito por alguma outra pessoa e nos identificar com aquilo. Dá aquela sensação de não estarmos sozinhos preocupados/tristes com a coisa X. Esse eu achei muito bom, é aquela coisa louca de que hoje em dia para a maioria demora muito para conseguir as coisas, afinal de contas os pais de algumas pessoas (minha mãe, por exemplo) com 20 anos já estavam casados, com filhos e casa própria, e acaba rolando aquela comparação básica que nos assusta... beijos!

    ResponderExcluir
  5. Wow. Bizarro. Já aconteceu comigo, digo, identificação total com uma pessoa aleatória que você nunca vai conhecer. Dá uma tristeza, né? Por não poder conversar com a pessoa. Pelo menos eu me senti assim.

    ps: Sim, vc entendeu certo. Não curto Lana del Rey, vamos conversar sobre isso kkkkkk Pq vc não gosta?

    ResponderExcluir
  6. Quando vi essa postagem no Facebook, na hora em que li só pude ficar concordando. O medo dela, lá do outro lado do mundo, é tão real pra mim por também ser o meu medo. E isso assusta, até, como podemos estar em sincronia com pessoas tão distantes da gente.

    ResponderExcluir